Não fuja dos estrangeiros

Olá pessoal

Uma das premissas para aprender um idioma é: praticar sempre que possível. Você pode terminar um curso inteiro de idiomas, porém, se não colocá-lo em prática, será difícil avançar em seus conhecimentos.

Observei diversas situações com estrangeiros onde as pessoas são dominadas pelo medo e não conseguem interagir.

Quando você encontra com uma pessoa de outro país, encare como uma oportunidade de treinar o idioma que estuda. Não fique com medo ou vergonha – o estrangeiro sabe que Inglês não é sua língua materna e vai entender se você se enrolar.

O fato de se esforçar e encarar seus receios já vai fazer toda a diferença.

Bons estudos!!

Karen

Anúncios

Flagrantes do idioma

Olá pessoal

Faz sete anos que o Brasil foi anunciado como país sede desta Copa do Mundo e mesmo assim, nos aeroportos muita gente ainda não fala o básico do Inglês.

Presenciei um grupo de argelinos tentando pedir um café expresso no aeroporto de Navegantes (supostamente, um aeroporto internacional).

Vejam a situação:

Argelino: “coffee expresso”
Atendente: “só no caixa”
Argelino: “no caixa. What is this?”
Atendente: aponta para o caixa (obs.: não havia escrito “caixa” em nenhum lugar)
Argelino: “coffee expresso”
Atendente: “o que?”
Argelino: “coffee expresso” e aponta para o café de outro cliente (ou seja: queria um igual aquele)
Atendente: “puro ou com leite?”
Argelino: “coffee expresso” e aponta novamente para o café do outro cliente
Atendente: “curto ou longo?”
Argelino: “I don’t speak Portuguese”
Outro cliente: “moça, dá um café igual ao meu para ele”
Argelino: “how much?”
Atendente: sem resposta
Argelino: “quanto custa?” e coloca várias moedas em cima do balcão
Atendente: aponta a quantidade de moedas necessárias
Argelino: recolhe as moedas que sobraram e espera pelo café

Não pague este mico!! Você pode sofrer nas duas situações: pode ser o turista ou o atendente…

Se você pensou: “os turistas que devem aprender Português”, veja que o argelino arriscou algumas palavras – e foi o que o salvou.

Agora, imagine você viajando para Argélia. Você aprenderia Árabe para isso? Ou aprenderia algumas palavras básicas para sobrevivência?

Portanto, não há desculpas: ficando no Brasil ou viajando, aprender Inglês é necessário para evitar estes micos.

Bons estudos!!

Karen