Existe idade para começar um curso de Inglês?

Hello friends

Hoje escrevo para comentar sobre um paradigma: existe idade para começar um curso de Inglês?

Estudos mostram que aprender Inglês quando criança facilita muito, porém, se você não começou nesta época, fique tranquilo: nunca é tarde para começar. Hoje os cursos estão muito dinâmicos e as turmas muito diversas. Os professores sabem lidar com todos os públicos, de todas as idades. O que faz a diferença é o seu empenho, sua disposição e vontade de aprender.

Conheço pessoas que começaram aos 10 anos, aos 20 anos, aos 35 anos e aos 50 anos. Todas com as mesmas dificuldades e objetivos, independente da idade. Consegue atingir a meta quem é determinado e luta por isso!!

See you soon,

Karen

Anúncios

Aviso aos pais

Olá pessoal

O post de hoje é direcionado aos pais dos alunos que estudam Inglês em escolas de idiomas.

Hoje, sabemos que um curso de Inglês tem um custo elevado aos pais, por mais simples que a escola seja. Muitas vezes, os pais podem se perguntar: ¨será que o investimento vale a pena?¨ “Parece que meu filho não aprendeu nada…” “Devem ser os professores que não são bons…”

Ao invés de ficar se perguntando o que está errado, os pais devem acompanhar desde o início os estudos de seus filhos. Apoiar o aprendizado não é apenas matricular em uma escola, levar e buscar o filho após as aulas. Apoiar é cobrar e ajudar na lição de casa, perguntar sobre as provas, estimular os estudos e recompensar pelos esforços.

Acompanhar os estudos de seus filhos não somente vai ajudar no desempenho deles, mas como também vai aproximá-los e vai lhe ajudar a avaliar se  ensino está adequado e de acordo com o que você contratou quando você fez as matrículas e quando paga as mensalidades.

Sem o estímulo e apoio dos pais, os alunos podem fazer o curso apenas “porque os pais pagam”, sem estudar e aprender o que realmente precisam. Quando crescerem e se depararem ao mercado de trabalho, sentirão falta do idioma e da oportunidade que obtiveram quando eram mais novos – e que muitos adultos hoje em dia gostariam de ter quando eram adolescentes.

See you soon,

Karen