Sugestões de Livros

Hi everyone!

Sobrou um $$$ do 13º salário? Ganhou um vale-presente de amigo secreto? Que tal comprar um livro para praticar ou estudar Inglês?

Aqui vão algumas sugestões:

  • Essential Grammar In Use
  • Dicionário Ing-Port/Port-Ing Collins
  • The Diamond As Big As the Ritz
  • Around the World in 80 Days
  • Pride And Prejudice
  • Spider-man
  • 1984
  • A Tale of Two Cities

Se não sobrou $$$, a dica é pesquisar em sebos, inclusive os virtuais, como o Sebo do Messias e o Estante Virtual. A qualidade é a mesma e o valor é bem menor.

Boa leitura!

See you!

Cursos “intensivos”

Hello!

Hoje vamos discutir um pouco sobre os cursos intensivos de Inglês, muito populares nas férias.

Primeiro, é necessário pesquisar com cuidado sobre o curso e a escola. É importante verificar se o conteúdo inclui gramática e exercícios. Muitos cursos, para adequar o contéudo ao prazo, “pulam” partes essenciais de gramática e exercícios de reading, listening… A não ser que você esteja à procura de um intensivo de conversação, esta opção pode não valer a pena.

Segundo ponto muito importante: por mais que o Marketing seja bom, não se aprende Inglês ou nenhum outro assunto em 1 mês. Um curso intensivo é bom para revisar, adiantar alguns assuntos etc. É importante estudar o ano todo. Estudar 1 vez ao ano, é fazer revisão do mesmo assunto todo o ano e não sair do lugar.

Pense, pesquise e o que precisar, estamos à disposição!

Thank you and see you soon!

Inglês e o Mercado de Trabalho

Hello everyone!

Hoje vou falar sobre a importância do Inglês no mercado de trabalho.

Quando eu trabalhava com RH, percebi ainda mais nitidamente como o Inglês abre portas para muitas oportunidades.

O primeiro fato é que apesar de muito se falar sobre isso, são poucas as pessoas que estudam / falam Inglês e escrevem isso no currículo. Algumas escrevem mesmo não estudando ou não entendendo nada do idioma, mesmo assim, comparando com o número de candidatos a vagas na internet, são poucos os que citam Inglês em seu currículo.

Assim, quando uma vaga tem como requisito o idioma Inglês, menos currículos estão disponíveis, possibilitando mais “chances” aqueles que demonstraram  conhecer a língua.

O segundo fato é que muitas vagas nem precisam do idioma para a função anunciada. Porém, as empresas incluem a língua como pré-requisito para filtrar os candidatos melhor. Afinal, quem se preocupa em aprender um segundo idioma, tem mais chances de crescer no mercado, é mais interessado etc.

E então, que tal começar a estudar?

Thank you. See you soon.