Dicas para Aprender Inglês Online em casa

Aprender inglês sozinho e à distância não é nenhuma novidade dos tempos da internet. Há muitos anos, ainda no tempo do videocassete (nem faz tanto tempo assim, na verdade) já existiam videocursos, que passavam, por exemplo, aos sábados de manhã. Porém, a Internet revolucionou os cursos de idioma à distância em pelo menos três aspectos:

  • Tempo e local: a necessidade de acordar sábado praticamente de madrugada para assistir uma videoaula acabou. É possível assisti-la no horário de preferência. Com mais e mais lugares oferecendo pontos gratuitos de acesso à internet é possível, com o equipamento certo, assistir as aulas em livrarias, cafés…
  • Atividade: Nos antigos cursos à distância tudo o que se podia fazer era receber as informações: assistir ao curso, memorizar as novas formas gramaticais, memorizar o vocabulário, etc. Agora, com a Internet, é possível interagir. É possível colocar as dúvidas, fazer recomendações de assuntos específicos que se gostaria de ver, inserir comentários sobre as aulas, conhecer outras pessoas que acompanham o mesmo curso, enfim, não se está mais limitado a uma posição meramente passiva no aprendizado remoto.
  • Estrutura não linear: Antes da Internet, além de preso a uma postura passiva, o aluno estava preso também à estrutura do curso.  Ao assistir o vídeo: uma estrutura gramatical após a outra. Um item de vocabulário depois do outro. Porém, agora, com a Internet não existe mais uma “rota fixa”. Quer mais exemplos para uma estrutura nova? Uma palavra desconhecida? Basta acessar um dicionário online. Depois dele, uma música de uma banda que você goste com a mesma palavra. Enfim, mais uma vez, diversas possibilidades em todas as “direções” possíveis.

Contudo, mesmo com todas essas facilidades, algumas pessoas não possuem a disciplina ou a motivação necessária. Não, isso não é vergonha para ninguém. O gerenciamento do tempo é algo complexo e difícil de ser mantido com sucesso por longos períodos, como já falamos a respeito antes. Sem contar que muitas vezes é difícil manter a motivação sozinho, sem um colega ou uma palavra amiga. Logo, para grande parte das pessoas a melhor saída é procurar um curso de inglês em São Paulo, no Rio, enfim, na cidade onde mora. Porém, mesmo em um curso a Internet não deve ser esquecida, pois ela é muito útil como uma ferramenta complementar. Afinal, o aprendizado não se dá apenas no horário e na sala de aula.

See you soon,

Karen

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s